Rádio Romualdo – Sintonizando você com as melhores músicas.

menu x
menu x

NOTÍCIAS

O vinil está vivo e recomenda-se!

O vinil está decididamente de regresso e em força. Pela primeira vez desde 1986, a venda de discos em formato vinil poderá suplantar a venda de CDs, o que o tornaria no formato físico mais lucrativo.
A Associação Americana da Indústria de Gravação (RIAA) havia afirmado, em fevereiro, que o formato vinil constituía um terço das vendas de música em formato físico, tendência essa que continuou ao longo do ano.
De acordo com um relatório da RIAA, as vendas de música em vinil ultrapassaram os 200 milhões de euros (8,6 milhões de unidades vendidas), ao passo que os CDs “só” conseguiram 222 millhões de euros de lucro.
Os lucros obtidos com a venda de vinil aumentaram 12,8% em 2018, e 12,9% nos primeiros seis meses deste ano, pelo que o vinil poderá acabar 2019 no topo da lista das preferências dos melómanos, no que a formatos físicos diz respeito.
O formato mais popular para o consumo de música continua a ser o digital; ao passo que o vinil representa apenas 4% dos lucros obtidos com a venda de música, a venda de subscrições para serviços de streaming representa 62% do mercado.

Facebook Comentários

NOTÍCIAS

PUBLICIDADE

B7
shares